Blog

Desvendando o mercado de games no Brasil

 

games_gustavo

Constantemente temos receio em tentar áreas nas quais nós gostamos muito, principalmente quando ainda não representam um grande mercado no país em que vivemos. Isto aconteceu comigo ao ingressar no curso de Jogos Digitais.

Nos Países desenvolvidos como Estados Unidos, Canadá e Japão, o mercado de games é extremamente forte, podendo passar o faturamento até de Hollywood. Tudo isto pois a gama de jogadores cresce cada vez mais através dos anos por causa da maior viabilização de compra (consoles e jogos) e investimento em marketing especializado (campanhas digitais e eventos de grande porte).

Este segmento de TI no Brasil ainda está engatinhando e por isto poucas faculdades oferecem estes cursos.

No decorrer da graduação, nos deparamos com a grande dificuldade em conseguir um emprego na área pois no Brasil existem poucas desenvolvedoras de games, sendo que a maioria são empresas Indies (empresas, muitas vezes formadas por colegas que almejam lançar um jogo no mercado). Por isto as oportunidades são mais escassas do que em outros setores de TI.

Apesar das dificuldades, percebemos que o mercado está progredindo aos poucos. No ano de 2015, a empresa Sword Tales lançou um jogo que foi financiado pela Lei Rouanet (O Globo), este momento foi um marco na indústria de games brasileira, pela magnitude que se tomou. Fóruns internacionais (Gamespot e IGN) fizeram vários artigos explicitando o avanço brasileiro na área.

Outro fator que ajudou foi a quantidade de pessoas que compram os jogos indies. Vemos facilmente em redes sociais e de jogos que há um grande clamor para a compra destes jogos. Várias campanhas são feitas para que estes jogos fiquem mais visíveis aos olhos dos consumidores, afinal a ideia é o aquecimento contínuo do mercado.

Por mais que ainda exista muito o que evoluir, o cenário está melhorando aos poucos, fazendo com que haja cada vez mais produtoras e consumidores. Tudo indica que em um futuro breve as oportunidades aumentarão, levando o Brasil a uma nova era na área de tecnologia em jogos digitais.

 

Autor: Gustavo Sá – Consultor em Qualidade de Software