Blog

A Psicanálise e o Gerenciamento de Projetos

psicanalise

Você deve estar se perguntando qual a relação entre o gerenciamento de projetos e a psicanálise.

A seguir, verificaremos que a psicanálise pode ser utilizada como ferramenta de apoio em algumas áreas de conhecimento do gerenciamento de projetos. Para isso, precisamos rever alguns conceitos básicos que nos auxiliarão nesta análise.

Segundo o PMBOK 5a. edição, existem 10 áreas de conhecimento no gerenciamento de projetos que são: Integração, Partes Interessadas Escopo, Tempo, Custos, Qualidade, Recursos Humanos, Comunicações, Riscos e Aquisições.

Nosso foco será nas áreas de Recursos Humanos e Comunicações, pois elas estão ligadas direta ou indiretamente às pessoas.

Os processos da área de Recursos Humanos têm como objetivo determinar os tipos e os perfis dos profissionais, além de suas hierarquias; quem é responsável pelo o que no projeto quando ele estiver em execução; determinam como mobilizar as pessoas que foram requisitadas no projeto; se preocupam com o treinamento da equipe além da integração e geração de conhecimento e determinam como resolver conflitos antes que eles afetem o projeto.

Já os processos da área de Comunicações, determinam quem está envolvido no projeto, definem como as comunicações vão ocorrer quando o projeto iniciar e determina o tipo de informações gerada, quem é o responsável, qual o meio, quem receberá as informações geradas, qual a periodicidade, determinam também como serão distribuídas as informações, como podemos gerenciar as expectativas dos interessados medindo o grau de satisfação ou insatisfação das pessoas interessadas, e geram relatórios que permitem o acompanhamento e controle do que está acontecendo com o tempo, custo, escopo, etc.

A Psicanálise é a ciência que consiste em investigar a mente humana e compreender seu funcionamento, tanto a vivência do comportamento humano como o tratamento de determinados distúrbios mentais, se forem diagnosticados.

Seu objeto de estudo é o inconsciente, já que ele é a fonte de energias, desejos reprimidos e depósito de velhas lembranças. Para a Psicanálise, nossos comportamentos e sentimentos são regidos por esses desejos inconscientes.

Se você não pretende ser um psicanalista mas apenas um conhecedor desta ciência, saiba que o mais importante é saber ouvir.

Quando falamos, dizemos o que queremos dizer, porém, ao mesmo tempo, dizemos também muitas outras coisas de que nem suspeitávamos.

A relação interpessoal é um jogo no qual os participantes buscam a realização dos seus desejos sejam eles conscientes ou inconscientes e tentam evitar toda e qualquer forma de desprazer, utilizando-se de vários mecanismos de defesa.

Muitos conflitos internos ocorrem nessa busca de realização dos desejos e fuga dos desprazeres, o que leva a pessoa a ter diversos comportamentos.

A psicanálise pode ajudar o gerente de projetos a se conhecer melhor, a lidar com seus conflitos e da equipe, a conviver melhor com as pessoas do seu ambiente profissional.

Em suma, se o gerente de projetos possuir a capacidade de monitorar seus próprios sentimentos e emoções e os dos outros, isto é, distinguir entre eles e utilizar tal informação para orientar o pensamento e a ação da equipe, terá um resultado maior do que aquele que não possui tal capacidade.

Aliando-se o conhecimento e experiência no gerenciamento e na psicanálise, pode-se tirar proveito de recursos, mecanismos e técnicas para evitar ou diminuir conflitos entre os membros da equipe do projeto e frustrações das expectativas de todos os envolvidos no projeto.

Lembrem-se que os grandes líderes são pessoas dotadas de habilidades interpessoais, não àquelas que usam a intimidação para conduzir a equipe, mas sim, àquelas que fazem com que a equipe se sinta bem e motivada para executar as tarefas que eles necessitam.

 

Autor: Luciano de Almeida – Consultor em TI